martes, 17 de marzo de 2009

The Matadors - The Matadors (1969 Chec Garage/Psych)


kikas envia:
Uma das melhores bandas de Rock que saíram da Europa de Leste (Checoslováquia), The Matadors foram inicialmente uma criação de Otto Bezloja, um baixista e veterano músico de uma das primeiras bandas/combo da Europa de Leste - The Comets.
Os últimos dias de The Comets (1964), foram partilhados com Radim Hladik, um jovem guitarrista, bastante talentoso, que no seu país, foi considerado como um herói da guitarra, tendo os dois formado em conjunto, The Fontanas.
A estes juntaram-se, o organista Jan ‘Farmer’ Obermajer, que era contabilista na editora Artia, a qual viria a ser a 1ª editora dos The Matadors, bem como Miroslav "Tony Black" Schwarz, um auto-didacta e veterano baterista de outra banda Checa de inícios de 60, The Hell’s Devils, completando assim, durante o Outono de 1965 a 1ª formação de The Fontanas.
A banda efectuou uma tourné pela Alemanha de Leste, tendo nesse tempo feito algumas sessões de rádio … o resultado da tourné, reflectiu-se na compra de novo “equipamento” da marca “Matador”, nomeadamente um orgão.
A banda depressa mudou de nome para a marca registrada The Matadors, tendo na altura como músicos, os já referidos Otto Bezloja, Radim Hladík, Jan "Farmer" Obermayer, Miroslav "Tony Black" Schwarz, bem como Karel Kahovec em voz e guitarra ritmo e ainda Vladimír Mišík, também em voz e harmónica.

Com a saída de Karel Kahovec e de Vladimír Mišík, em Dezembro de 1966 entrou para a banda, Viktor Sodoma (ex Flamengo), não só um bom cantor, mas também um “frontman” no sentido pleno da palavra, pois foi como que um modelo, que os jovens ansiavam seguir.
Sodoma e Hladik (que na altura já tocava com os dentes!), deram aos The Matadors, um grande impulso, que lhes garantiu serem uma “banda residente”, num sitio de primeira existente em Praga, que era o “Olympic Club”.

O seu unico LP, que é este que vos apresento aqui, foi gravado entre Maio e Junho de 1968, para a editora Supraphon, com os números de série, 0130493 (edição mono), 1130493 (edição estéreo), sendo a edição de exportação, lançada como Supraphon/Artia, com os números de série, SUA 53.992 ST (estéreo, e que é o meu vinyl) e SUA 13.992 (mono).
Esse LP, tem musicas instrumentais bem como musicas cantadas em Inglês, sendo algumas originalmente suas, Hate Everything Except Of Hatter, Indolence e Get Down From The Tree, as quais aparecem na excelente compilação de Garage/Psych, Nuggets II (Rhino) e outras "standards covers", como I Think It's Gonna Work Out Fine e Shotgun de Junior Walker, ou It's All Over Now, Baby Blue de Bob Dylan, ou ainda My Girl de Smokey Robinson.
Este arquivo, é um rip de CD, que além de conter todos os temas do LP, tem 12 Bonus Tracks, que são nem mais nem menos, 2 EPs e ainda musicas que aparecem na compilação Night Club '67.

continua...

Espero que os guste

The Matadors - The Matadors (1969 Chec Garage/Psych)